Estufa gigante cultiva alimentos a partir da dessalinização de água movido a energia solar.

A Austrália inova mais uma vez. Caracterizado como um país onde seu interior é praticamente um deserto e seu desenvolvimento se dá em suas zonas costeiras, a pouca disponibilidade de água doce faz com que tecnologias tradicionais sejam aprimoradas com novas formas de aplicação.Usina de Energia Solar

A bola da vez é a criação de uma estufa gigante que cultiva tomates utilizando água dessalinizada a partir de uma usina de geração de energia térmica-solar. A estufa conta com uma área de 20 hectares e localiza-se na região sul da Austrália, dentro da cidade de Port Augusta.

Planejada para conclusão até o fim de 2016, a Sundrop Farms, empresa criadora do projeto, estima economizar nada mais nada menos que 700 milhões de litros de água doce por ano.

Para maiores informações acesse http://www.edie.net/news/6/solar-powered-tomatoes-desalination-agriculture-sundrop-farms.